O Amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O Amor jamais acaba. (1º Cor. 13:4-8)


Thanks to the Americans for being ums of the biggest visitors to my blog,

Pesquisar

quinta-feira, 31 de março de 2011

O CAVALEIRO

Uma certa manha de domingo, uma jovem preparava seus alimento em sua sexta pra que ela fosse a um parque que ficava alguns quilômetros de sua casa, como de costumes saia de bicicleta por uma hora ate chegar em seu local preferido, que era um pequeno jardim, cheio de flores com uma mina d'agua e um pequeno lago, de aguas azuis, onde ela ficava escutando suas melhores musicas de seus cantores preferido, onde ela ficava a rabiscar em seu caderno vários poemas, rimas, e algumas canções que com seu violão desafinado ela acompanhava suas melodias, era canções de uma jovem sonhadora, de saber cantar mas não ser uma cantora, queria ser uma poeta onde expressava suas alegrias e suas dores, por mais que ela escrevesse bem ainda achava que faltava mais. Linda garota onde sua beleza se refletia aos olhos brilhante e sincero de uma pessoa que gostava de fazer as pessoas felizes.
Neste domingo não foi diferente ela escutava suas musicas de baixo de um pé de maçã de frente o pequeno lago, escrevendo seus poemas, como sempre ela adormeceu.
Acordando com um som de passos de cavalos, e um cavaleiro, com armaduras e sua espada preparado pra qualquer emboscada, ele desceu do seu cavalo que ficou ali parado onde seu dono tinha ordenado, e em direção a linda garota foi se aproximando, onde ele retirou o capacete que logo a garota encantou, pois um ser destemido que carrega em si pouco sorriso, que ao olhar nos olhos daquela garota ele se apaixonou, ele estendeu sua mão com sutileza e delicadeza e ela se levantou, olhando um nos olhos do outro, que logo ele perguntou, de ondes vem tão pura beleza que meu coração de guerreiro valente e destemido lutador por uma magia que não dar pra resisti, não consigo tirar os olhos de ti, de ondes vem princesa tão bela, que em todos os reinos que passei não a vi ninguém com essa beleza tão linda, de ondes vem doce donzela, que mesmo sem a conhecer já me sinto que temos algo em comum onde já não quero mais me afastar, do brilho desse seu olhar, por você deixarei de ser o cavaleiro solitário, de coração de pedra que já comandou milhares de guerra, me sinto fraco ao teu lado e mesmo tempo o mais forte dos homens, me de a mão e não diz que não, me de a mão e diz que sim me de um sorriso, que te darei meu amor meu coração e te mostrarei o paraíso.
A garota sonhadora tinha medo daquelas armas e da roupa estranha de ferro, mas ao mesmo tempo ela sorria e se encantava pelas palavras do valente sedutor, ela não sabia o que dizer mas tinha certeza que não ia ser um não que ia dizer, pois ela sonhava no dia que ia estar do lado de alguém que verdadeiramente saberia a ama-la, pois com um grande sorriso no rosto que ela estendeu sua mão tocando na face do cavaleiro e dizia que sim. mas quando de repente algo te assustou, quando foi então que ela acordou por causa de uma massa que em cima de seu caderno e de sua mão a derrubou, mas já era tarde tinha que voltar para sua casa antes do anoitecer.
Ela acreditando que foi apenas mais um sonho perfeito que sempre teve, ela se levantou, e quando ela notou que de seu colo um pequeno papel velho caiu, então ela resolveu ler, que estava escrito, grandeza da criação de Deus, mas a maior de todas as criações foi sua beleza, posso ate não existir por ser apenas seu sonho, mas se você não desistir ainda vamos nos encontrar, por mais estranho que seja eu também estou aqui debaixo desse pé de maçã querendo te encontrar.
Ela emocionada pegou sua bicicleta e em direção a sua casa pegou a estrada, alegre e a sonhar, com o seu cavaleiro que estava a te esperar. E ja planejava o próximo domingo que para la ia retornar, e novamente debaixo do pé de maçã voltar a sonhar.
A semana se passou e o tão esperado domingo chegou, onde ela se preparou mais cedo e em direção ao parque, ao chegar la notou que avia um homem de cara fechada no seu lugar preferido, ela não queria ir para outro lugar, mas também não tinha coragem de ir la pedir que se retirasse pois era la que queria ficar, pois o parque era publico e todos poderia esta la, mas o homem de longe reparou a garota que seu coração acelerou e parou ao mesmo tempo, ele percebeu que ela queria dizer alguma coisa pois ela não parava de olhar e estava desinquieta mas via o nervosismo dela e via que ela não estava afim dele, então ele deixou de lado o rancor e o orgulho e foi em direção a linda garota, cegando de frente ela, ele com a voz falha de nervosismo perguntou a ela o que a fazia fica nervosa, ela sentiu menos medo pois via nos olhos dele a beleza de um grande homem que se escondia por traz de um rosto serio e fechado, então com um sorriso de alivio ela disse é que eu venho sempre aqui, e aquela macieira é o meu lugar secreto onde eu passo o meu tempo escrevendo e ouvindo musica.
Ele sem esforçar sorriu é que eu vim aqui na minha infância e só ficava la sonhando acordado, e domingo passado me bateu uma saudade de vim aqui, mas era tarde então resolvi vim hoje. Ela sorrindo disse mas o que você sonhava posso saber, ele imediatamente disse que sim, e a convidou para se sentar junto a ele debaixo da macieira, então ele começou a dizer, eu sempre sonhei em encontrar minha felicidade minha cara metade, e sempre eu via aqui pois sempre sonhava com uma princesa que eu a encontrava, mas todos os domingos eu vinha, mas eu parei de vim pois o sonho nunca saia de uma parte, ela com os olhos brilhantes e atenta disse prossiga quero ouvir ate o fim, então ele continuando, como eu dizia o sonho sempre acabava quando essa princesa dizia sim, e de repente uma maçã caia em cima dela e ela desaparecia, e eu ficava chorando e acabava acordando sempre triste, sempre era assim ela desaparecia na parte do sim, foi que então eu escrevi um bilhete e embolei e joguei em cima do pé de maça, que eu lembro o que estava escrito ate hoje. Ela já emocionado lembrado do seu sonho lhe perguntou o que estava escrito no papel, ai ele sorriu e começou a dizer, grandeza da criação de Deus, mas a maior de todas as criações foi sua beleza, posso ate não existir por ser apenas seu sonho, mas se você não desistir ainda vamos nos encontrar, por mais estranho que seja eu também estou aqui debaixo desse pé de maçã querendo te encontrar.
Ela chorando muito e ele sem saber o que fazer preocupado com ela, e perguntou o que foi que aconteceu eu te disse alguma coisa que não te agradou, você acha que estou mentindo, ela disse não seu bobo, sorrindo secando as lágrimas e ela foi e contou o sonho dela e mostrou o bilhete que caiu no colo dela junto com a maçã, e ele muito emocionado olhou nos olhos dela e disse quer namorar comigo princesa. e ela disse sim, quando de repente uma maça caiu no meio deles que viram que dessa vez não era sonho e eles se abraçaram e passaram e foram felizes para sempre.


D.J.  "Darley Soares"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mascote "Sinistro"