O Amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O Amor jamais acaba. (1º Cor. 13:4-8)


Thanks to the Americans for being ums of the biggest visitors to my blog,

Pesquisar

quinta-feira, 31 de março de 2011

ANESTESIA DO AMOR

Quando a vi senti-me sedado pois não conciguia tirar os olhos de você, por dentro de um calor terrível que me desligava, queria gritar mas da minha boca mal saia o a, tentava me aproximar mas o que acontecia não sei, minhas pernas se movia, sentia vontade de chora, não sei por que eu não sentia dor, mas eu ria ao mesmo tempo será que estou passando mal, não sei, sei que sinto, sinto uma coisa muito forte, eu queria dizer pra todos que você esta ali, não sei, vai que alguém a tirasse da minha frente, perguntei o que estas acontecendo comigo que eu não consigo me mover não consigo falar não consigo piscar, me sinto perdido a te observar, e me disseram de algo parecido com isso, me falaram do amor, amor não pode ser, e algo que não tem explicação como podemos afirmar que e amor, fico a observa-la e a comentar com meus pensamentos, sera, sera que estou apaixonado por você, amor por que complica tamto, por que não me diz, por que me faz sentir sensações estranhas, sensação de doido, doido eu não quero ser mas e maravilhoso sentir assim, sentir o amor. Amar e viajar nos cabelos de quem gostas, sem toca-la, e ver o paraíso dentro de um olhar. Amar e viver a sua vida para outras vidas.
D.J.  "Darley Soares"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mascote "Sinistro"